Projeto apresenta variedade artísticas da periferia no Centro Cultural da Juventude, na Casa Verde

Espremer para disseminar a cultura da periferia. É com esse objetivo que surge o Projeto Espremedor, já em sua terceira edição. O Centro Cultural da Juventude (CCJ) recebe o evento no dia 21, a partir das 17h. A programação conta com apresentação de diversos artistas, como os rappers ZoioOmc e os da banda Extreme Blues Dog.

Michell da Silva, conhecido como Chellmí, será o mestre de cerimônias. “O projeto é importante para a valorização das ações independentes que surgem e ressurgem nas bordas da grande cidade”, explica ele e afirma que, além de ampliar o acesso à cultura da periferia, há a preocupação de que o evento seja “vivo e verdadeiro”, como as diversas vertentes artísticas periféricas. O nome “Raprockandrollpsicodeliahardcoreragga” faz referência a todos os estilos de música reunidos no evento.

O rapper ZoioOmc é uma das atrações, artista que, segundo Chellmí, consegue conciliar seu talento na escrita com projeção de voz e letras que tocam seus ouvintes. Já a banda Extreme Blues Dog faz com o seu som uma releitura do blues, misturando o ritmo com punk e garage rock. O grupo tocou em diversos países da Europa, como França, Inglaterra e Alemanha.

Apresentam-se também a banda paulista de hardcore Estado Alterado, com letras de forte cunho político; o cantor Miguellito, cujo rock tem improvisos de jazz; Buyaka San, com músicas influenciadas pelo rap e pelo raggamuffin; e o DJ e pesquisador musical Ras Christopher, do coletivo Dub Sound, com uma seleção de reggae e suas vertentes.

Serviço: +14 anos. Centro Cultural da Juventude – anfiteatro. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Zona Norte. | tel. 3984-2466. Dia 21, 17h. Grátis (retirar ingresso a partir das 16h na recepção do CCJ)




Deixe seu comentário